Foi em Campinas-SP, nos anos de 1930, que Jesus manifestou, a uma missionária, a sua Infinita MISERICÓRDIA. Ele oferece abundância de graças aos que fazem seus pedidos através das Lágrimas de Sangue de Sua Mãe Santíssima. Essa alma privilegiada foi a Irmã Amália Aguirre, ou Amália de Jesus Flagelado, que viveu no Instituto das Irmãs Missionárias de Jesus Crucificado (Campinas-SP). As mensagens comunicadas a ela ficaram engavetadas durante anos, e por meio das Aparições de Nossa Senhora em Jacareí-SP, elas foram reavivadas e tiradas do esquecimento. Com certeza é um tesouro sem igual e mais uma âncora de Salvação para a humanidade!







domingo, 3 de junho de 2012

Dores Secretas de Nossa Senhora




Nossa Mãe Santíssima revelou nas Aparições de Jacareí algumas de Suas Dores Secretas, ou seja, aquelas que não estão contidas nas Sagradas Escrituras mas que realmente aconteceram. Estaremos portanto, disponibilizando estas Meditações para que possamos meditá-las e amarmos mais Nossa Mãe Santíssima que é Digníssima de ser amada e Louvada por todas as Gerações.

Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo

(05/08/2001) "- Amados filhos, eu venho hoje para louvar e bendizer aquela que é o suspiro dos santos que é a delícia dos Anjos e que foi o encanto da Trindade. Ó filhos Meus o meu Sagrado Coração no excesso de minha Divina Misericórdia, criou a maior obra. Obra  prima de seu poder. a minha amável mãe. Sim. Maria, a minha mãe Santíssima é obra Magna, máxima de meu poder.
Bem-aventurados aqueles que amam a minha Mãe Santíssima, porque eles serão amados por Deus.
Bem-aventurados os que consolam a minha mãe santíssima porque serão consolados por mim.
Bem-aventurados os que servem a minha mãe santíssima porque Eu, o bom pastor, tudo lhes concederei do meu Coração.
Bem-aventurados os que cercam de amor a minha mãe santíssima porque serão cercados pelos Anjos na glória do Céu.
Bem-aventurados os que veneram as dores de minha mãe santíssima porque serão consolados por mim e por ela em suas Dores.
Bem-aventurados os que contemplam e enxugam as lágrimas benditas de minha mãe santíssima, porque nós haveremos de enxugar-lhes as suas Lágrimas.
Bem-aventurados os que amam, honram e defendem a minha mãe santíssima porque por ela serão amados, honrados, estimados e defendidos na hora da morte de seus inimigos infernais e na hora do julgamento perante a minha Justiça.
Bem-aventurados os que servem a minha Mãe como escravos humildes e filhos cheios de amor, porque haverão de reinar, exultar e alegrar-se com ela no Céu.
Bem-aventurados os que tornam conhecida a Minha Mãe por toda a Terra porque eles se tornaram conhecidos por ela diante de todos os Anjos do meu Pai.
Bem-aventurados os que testemunham os pedidos e as Mensagens da Minha Mãe na Terra porque então, todos os seus desejos serão satisfeitos no Céu. Bem-aventurados os que conquistam e dão a Terra a minha Mãe porque ela lhes conquistara e lhes dará o céu.
Bem-aventurados os que consomem as suas forças e suas vidas por minha mãe, porque eles haverão de descansar para sempre nos Seus braços no Céu.
Favoreço com mil favores ao dia aqueles que amam a minha mãe. Mas, ai dos que desprezam a minha Mãe.Serão como lenha a queimar no fogo ardente.
Ai dos que depreciam e dos que rebaixam a minha mãe por que eles  também serão rebaixados até o mais profundo do fogo do inferno.
Ai daqueles que rejeitam a minha mãe por que eles por Deus também serão rejeitados. Ai daqueles que difamam a minha mãe, porque diante dos meus Anjos serão  também difamados, ou seja, tidos como malditos.
Ai daqueles que pisam na minha Mãe porque eles debaixo dos pés dos demônios também serão pisados no inferno.
Ai daqueles que perseguem que atacam e martirizam a minha mãe porque no fogo do inferno serão martirizados e atormentados noite e dia.
 Ai daqueles que re rebelam e se põem contra a minha mãe , porque quando a minha justa cólera se levantar contra eles não haverá a única advogada, a única intercessora que poderia haver. A minha mãe, em favor deles.
Ai daqueles que odiarem a Minha Mãe, porque de mim também serão detestados.
Eu Sou generoso e incansável em dar e conceder àqueles que amam a minha mãe. Mas sou rígido, justo e terrível contra aqueles que odeiam  Minha Mãe, que entristecem a minha mãe e que não dão ouvidos á voz das suas súplicas. Filhos Meus, Ela é o Tesouro dos Tesouros, a riqueza das riquezas a maravilha das maravilhas, o bem dos bens a dádiva das dádivas e a graça das graças. Recebei-a em vossos corações. amai-a. Fazei o que ela vos diz em suas mensagens e tereis um Tesouro no Céu, um Tesouro escondido no meu sagrado Coração e no Imaculado Coração Dela. Hoje no dia em que a Minha mãe nasceu para vós como sinal de salvação, como aurora da redenção, como sinal triunfante do meu amor sobre o mal, Eu, a todos vos abençôo."
Após esta Mensagem de Nosso Senhor Jesus Cristo, meditemos agora algumas das Dores Secretas de Nossa Mãe Santíssima reveladas em Suas Santíssimas Aparições em Jacareí.

1º Dor Secreta de Nossa Senhora

08/07/1999 "- Meu filho, um dia, quando ainda estávamos em Belém, estava Eu acalentando o menino Jesus em meus braços quando , ao fitar o Seu Rostinho rosado e lindo, vi um Rosto todo ensangüentado, inchado e desfigurado... Assustei-me com aquela medonha e inesperada visão, mas ... eis que a voz do Meu Filho Jesus, fez-se ouvir:
"- Minha Mãe tão querida, eis o que os homens me farão! Assim ficarei durante a Minha Paixão! O Pai quer assim... Faça-se a Sua Vontade! Sofrerei muito! Serei levado à morte! Minha tão cara Mãe, desejais sofrer comigo e levar comigo os pecados de toda a humanidade, para que esta se salve?"
Em perfeita união com Ele, respondi mais uma vez o meu SIM... Ele olhou-me com amor e, de repente, aquela visão desapareceu, e o vi novamente pequenino em meus braços. Lágrimas copiosas desciam de Meus olhos Maternos , enquanto oferecia-me com Ele ao Pai pela salvação de todos vocês...
Quando isso aconteceu, Jesus tinha apenas quinze dias de vida... Meu filho, escreve isso e mais tarde, divulgue ao mundo todo."

2º Dor Secreta de Nossa Senhora

"- Quando Jesus era ainda recém nascido, fui um dia trocar-lhe as roupinhas... Subitamente ,vi em Suas mãozinhas e pezinhos feridas profundas das quais saiam muito sangue. Olhei em Seu lado e também saía muito sangue de uma grande chaga.Comecei a chorar e pedi ao Pai Eterno que não lhe tirasse a vida... O Senhor revelou-me naquele momento, o quanto meu filho teria de sofrer , e o quando as suas chagas haveriam de salvar as almas. Renovei o meu SIM, oferecendo com amor toda a minha vida, para que o Senhor fizesse o que bem lhe aprouvesse. Então, Meu Filho tornou-se Belo e Radiante novamente. A Dor, não deixou mais o Meu Coração."

3º Dor Secreta de Nossa Senhora

"- Meu filho escreve, depois da apresentação do menino Jesus no Templo, São José e Eu ficamos em Jerusalém ainda alguns dias para fazermos uma novena de orações e visitas ao Templo. Estávamos hospedados na casa de uma boa mulher que muito nos ajudava com o que podia .
Os dias daquela novena corriam serenos e tranqüilos porém, Lúcifer sabendo do que se passara no templo durante a apresentação e tudo que Simeão e Ana disseram a respeito do meu Divino filho e de mim, procurou novamente por todos os meios descobrir se ele era realmente o filho de deus e quais os mistérios que O envolviam. Por causa disso ele se utilizou de um menino que havia estado no templo e tinha ouvido tudo quanto Simeão e a profetiza Ana haviam dito a respeito do meu Divino filho e de mim.
Este menino chamava-se Gestas. Satanás insuflou na alma dele um ódio mortal contra o meu filho e contra mim porque era mal de má vontade e maus costumes. Desde pequeno praticava a maldade para com os outros e não sentia o mínimo remorso ou contrição do Coração. Movido então pelo demônio, foi ao templo e nos  encontrou no momento que lá chegávamos e nos disse que sabia e nos éramos os pais da criança que Herodes já procurava furioso por ter sido enganado pelos magos e que só o meu Divino filho poderia ser o futuro rei que ameaçava o trono de Herodes depois de tudo que ouvira a respeito dele da boca de Simeão e Ana. E então, olhando-nos fixamente, disse que iria contar ao seu pai que era um homem muito chegado ao rei e muito respeitado na cidade e que por sua vez,  relataria tudo a Herodes desde as palavras de Simeão e Ana até como por onde  andávamos.
O Coração do meu Divino filho que tudo via e sabia, bateu violentamente de dor sobretudo por saber que aquele menino desde pequeno já ministro da maldade, iria ser um daqueles dois ladrões que seriam crucificados com ele e que ao contrario de Dimas não o confessaria por seu Deus e Senhor e que morreria blasfemando contra ele se condenaria e tornaria inútil para si os méritos da paixão e morte do meu Divino filho.  que dizer então do meu doloroso Coração de mãe e do Amantíssimo Coração de São José. naquele momento, uma agudíssima espada de dor transpassou os nossos corações por ver nosso Divino Tesouro tão odiado, perseguido e rejeitado desde tão pequeno e tendo chegado há tão pouco tempo a este mundo.
Foi como se fossemos mergulhados num mar amarguíssimo de dor e angústia. Jamais nenhuma alma poderá descrever e nem mesmo sondar a imensidão desta dor e angústia. Foi então, que Gestas se dirigiu ao seu pai e lhe referiu tudo o que tinha visto e ouvido. E juntos foi relatar ao rei e seus subordinados tudo que sabiam. Isso era já o cair da noite. Depois de termos tomado algum alimento rezamos ao Altíssimo e adormecemos. Eu via perfeitamente com a graça que me dava o Senhor e por meio de visão mística tudo o que se passava no Coração de São José. A Sua tristeza era tão grande, tão intensa e profunda que seria letal para ele se a graça de deus não o sustentasse. Isso tudo se devia ao fato de que o amor que São José possuía pelo Divino menino e por mim era tão grande capaz de sobrepujar mesmo os mais elevados Serafins e querubins . Roguei ao Senhor por ele então para que o confortasse , amparasse e guiasse no cumprimento de sua divina vontade e seus desígnios de misericórdia. Foi então, que durante a noite, o altíssimo enviou seu Anjo a São José em sonhos e lhe disse para fugir para o Egito com o menino Jesus e eu para o salvar das mãos de Herodes. José então se levantou e referiu-me tudo o que o Anjo lhe dissera embora eu já soubesse por luz do Senhor. Foi então, que saímos antes do sol raiar fugindo para o Egito enquanto Herodes mandava matar todos os meninos de dois anos para baixo em Belém no dia seguinte. Diz portanto meu filho , ao mundo, que venere esta grande dor desconhecida do Coração de Jesus do meu Coração e do Amantíssimo Coração de São José e ele receberá tudo o que nos pedir por meio desta dor desconhecida do mundo. sobretudo que se peça a conversão dos pecadores e que a exemplo de gestas ainda hoje perseguem e odeiam meu Divino filho especialmente nas Aparições para que se arrependam ou que pelo menos a sua maldade não consiga arrastar outras almas pelo mesmo caminho da perdição que é o de perseguir as nossas Mensagens e Aparições."

4º Dor Secreta de Nossa Senhora

 “- Um dia, quando Meu filhinho Jesus ainda era uma criança, estava a brincar, correndo atrás de alguns passarinhos e colhendo flores. Subitamente, apareceram alguns meninos filhos dos fariseus e sacerdotes. Eles olharam com desprezo para o Meu Divino Filho e porque eram maus vendo o com florinhas nas mãos empurraram-No jogando-O ao chão e pisaram nas flores até esmagá-las todas. O Meu Divino filho cheio de amor e paciência perguntou-lhes : “-Por que te fazes isso?” Eles, que seriam os futuros algozes e crucificadores do Meu Divino Filho lhe responderam: “-Que ti importa? Cala-te ou faremos pior!” Jesus lhes replicou: “-Quem trata assim uma simples pobre e indefesa flor é  bem capaz de tratar do mesmo modo os seus semelhantes pois quem ama e é  justo nas pequenas coisas o será nas grandes também.” Eles lhe replicaram: “-Ora, quem pensas que és para nos ensinardes a justiça? Nós somos os filhos dos doutores da lei.” Jesus lhes disse: “-Em verdade  vos digo,  sois e sereis tão cegos como são os vossos pais.” Eles então pegaram em pedras para lhe atirarem , mas consegui chegar a tempo e impedir  aquela maldade. Eles, deixando as pedras no chão foram embora dizendo. “-Um dia haverás de morrer. Um dia haverás de ser crucificado por causa de tua boca insolente.” Aquelas palavras penetraram tão profundamente em Meu Coração como uma lança ferindo-O e partindo-O em pedaços. Em todos os momentos de minha vida ecoavam aquelas palavras como uma canção fúnebre aos meus ouvidos fazendo com que o Meu Coração sangrasse de dor. Diga Meu filho Marcos a todos que honrem esta minha dor secreta e eu lhes concederei por ela o amor e a misericórdia do Meu Coração doloroso e do Coração do Meu filho Jesus. Prometo que concederei minhas graças de paz, misericórdia e amor às almas que venerarem,  honram e propagarem esta minha grande dor materna.Vá Marcos e anuncia isso aos Meus filhos do mundo inteiro.”

5º Dor Secreta de Nossa Senhora
A MORTE DE DÃO JOSÉ